“Cadu gosta de rosa, bonecas e outras coisas consideradas “femininas”. Seus gostos e preferências não eram convencionais aos meninos de sua idade. Claro, a situação incomum mexeu com seus pais e provocou uma profunda reflexão familiar sobre a condição de Cadu. A família precisará buscar novos conhecimentos e se preparar para conceber uma nova forma de construir o mundo para Cadu, descobrindo profundamente a sua essência: Duda.”

Sinopse do Livro “De Cadu a Duda: a história com final feliz de uma garota trans” , por Victhor Fabiano (autor premiado pelo 2º Edital de Publicação de Livros da Prefeitura de São Paulo, pelo qual publicou o romance Igreja da Vila, pela Barn Editorial)

Apoie esse projeto!

Compartilhe:

Deixe um comentário: