Era uma vez um menino chamado Theo. Ele não tinha forma, ele só tinha nome. Sempre que ele percebia que os amigos eram redondos, ele assim se tornava. Se a moda era coloria, ele assim se mostrava. Mas espera, será que o Theo era feliz sem ter uma forma só dele? Será que ele se via nessas constantes mudanças para se parecer com os outros?

Venha descobrir no livo “O menino que não tinha forma”.

 

Apoie esse projeto!

Compartilhe:

Deixe um comentário: