Marketing Literário: 5 dicas essenciais para alcançar mais leitores

Por 19 de junho de 2018Marketing Literário

Quando iniciamos a carreira literária, acreditamos que toda responsabilidade pela divulgação de nosso livro está com quem o publicou, todo escritor já passou por isso. Muitas editoras não fazem qualquer esforço para divulgar as obras que publicam, entretanto, editores profissionais prezam por divulgar o trabalho dos autores com quem eles trabalham, até porque, quanto mais livros vendidos, maior será o retorno financeiro. A equação é simples e óbvia, mas nem todo mundo enxerga o mercado dessa maneira. Independente de a sua editora fazer um forte trabalho, ou não, na divulgação do seu livro, você é tão responsável por isso quanto ela. O autor deve ter a mesma disposição e responsabilidade na divulgação de seu livro, pois a equação é a mesma para ele, quanto mais livros vendidos, mais o autor ganha financeiramente, como também atingirá um público maior, e assim a cadeia acaba se retroalimentando.

Separamos cinco dicas essenciais para que o escritor possa se destacar na divulgação de seus livros:

1 – Estude os conceitos básicos do marketing:

Você não precisa ser um profissional de marketing para entender o básico sobre seus conceitos e aplicá-los em sua área de atuação. Todo profissional, entre eles os escritores, precisam entender conceitos básicos de marketing para poder divulgar não só o que escreve, como também, sua imagem como autor. Quanto mais conhecida for a sua “marca”, que no caso do escritor é a própria identidade como autor, maior a possibilidade de que leitores, que o já o conhecem, queiram adquirir novos “produtos” lançados por você, no nosso caso, livros.

Leia posteriormente esse artigo: O que é marketing? Entenda seu conceito e definições

2 – Estude casos de sucesso:

Tão importante quanto conhecer o básico sobre marketing, é conhecer as melhores estratégias focadas para o seu público. Não nascemos especialistas, precisamos sempre fazer testes para perceber o que nos dá melhor resultado, e o que é irrelevante para o público. Esse trabalho de “formiguinha” precisará sempre ser feito, entretanto, se existem outros profissionais testando as mesmas estratégias a mais tempo, e conseguindo resultados significantes, estude como esses profissionais interagem com o seu público, quais as estratégias que eles empregam para alcançar mais leitores. Estudar casos de sucesso em sua área poderá encurtar o caminho que você deve seguir para atrair mais leitores para o seu livro.

3 – Não foque apenas na venda de produtos, ofereça mais do que isso:

Além de escritor, você também é consumidor de diversos produtos, de diversas marcas diferentes. Existe coisa mais inconveniente que uma empresa entrar em contato com você apenas para vender um produto? Imagine receber diariamente em seu e-mail o contato de uma marca vendendo um produto A, no Facebook, a única coisa que essa marca oferece é a venda do mesmo produto A, ou até mesmo de outros produtos, B, C e D. O mesmo acontece no Instagram, no Twitter e no Youtube. Qual interesse você terá em continuar seguindo essa marca?

Quando uma marca oferece algo a mais, como vídeos interativos, “memes”, brincadeiras, fotos de famosos e etc., acabamos por criar uma relação mais pessoal e menos comercial com a marca, interagindo e nos interessando por tudo que ela publica, é um caminho natural para que venhamos comprar produtos que ela disponibiliza. Venda seu livro, seja nas suas plataformas de autor ou em suas redes sociais, mas não se limite a isso, crie conteúdo e dê isso ao seu leitor de forma gratuita, pode ser um conto, um poema, um texto crítico ou até mesmo um vídeo engraçado do seu cachorro no Instagram, seja criativo, mas não seja chato.

4 – Escolha onde quer atuar e faça bem feito:

Você é iniciante na carreira literária, não possui assessoria de imprensa e nem equipe disponível para administrar suas redes sociais. Sozinho, é humanamente impossível administrar de forma eficaz diversas redes sociais simultaneamente. Claro, você pode até ter um perfil na maioria delas e divulgar um link ou outro, mas foque naquela que você mais se identifica, produzindo conteúdo de relevância e dedicando seu tempo a interagir de forma bem-feita com os seus seguidores. De nada adianta espalhar conteúdo de qualquer maneira por diversas redes sociais, ignorando comentários, apenas para marcar presença. Produzir conteúdo medíocre não agrega nada ao seu perfil, foque e faça um bom trabalho onde você se sente mais à vontade para interagir com os seus leitores.

5 – Outros escritores podem ser grandes parceiros:

Quanto maior for o público alcançado, maiores serão as chances de conversão, ou seja, de vendas. Entretanto, não adianta empurrar um livro de conteúdo infanto-juvenil, para um público mais maduro que não se interessa pelo que você acabou de publicar. Lembre-se que todo escritor é um potencial leitor, escrevemos porque gostamos de ler. Isso não quer dizer que você deve entrar em todos os grupos de escritores no Facebook e divulgar o link para a compra do seu livro, o efeito disso será mínimo, mas a interação pode fazer com que outro escritor se interesse por ler aquilo que você publica, primeiramente nas suas plataformas de forma gratuita, e no futuro, acabará adquirindo seu livro. Então, interaja com outros escritores, converse, troque ideias e se faça presente.

Muitas editoras enviam exemplares para blogueiros resenharem seus livros, é uma boa estratégia, até porque, blogueiros são leitores (alguns escritores), assim como o público que consome o conteúdo que eles publicam.  Contudo, nesse caso, é uma relação quase comercial, os blogueiros ganham exemplares e ajudam na divulgação da obra, não há nada de errado nisso, mas o que estamos indicando é que a relação entre você e outros escritores, entre eles blogueiros, seja uma relação pessoal, não apenas comercial, o resto será consequência disso.

Assine nossa Newsletter para receber conteúdo exclusivo sobre Marketing Literário:

Artigos relacionados

Compartilhe:

Deixe um comentário: