Category

Concursos literários

Concurso literário – Superpoderosas

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autores da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais escritores sejam inseridos no mercado brasileiro como autores. A antologia “Superpoderosas” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

A geração nascida no final da década de 1980 e início da de 1990 teve o privilégio de passar a infância na companhia de personagens muito especiais: as Garotas Mágicas!

… em nome da lua!” “Liberte-se!”

De origem nos animes japoneses, tendo Sailor Moon como principal referência, “Mahou Shoujo” (nome japonês para “Garotas Mágicas”) tornou-se um subgênero de animações e quadrinhos, centrando-se em protagonistas femininas que lidam com diversos problemas e vilões utilizando poderes mágicos.

Sailor Moon, Sakura Card Captors, Guerreiras Mágicas de Rayearth, Tokyo Mew Mew, Madoka Puella Magica e até mesmo o recente desenho de sucesso Miraculous: as aventuras de Ladybug e Cat Noir são exemplos de garotas mágicas fazendo o que fazem de melhor: combatendo vilões com poderes mágicos (geralmente com a ajuda de criaturas fofinhas!).

Agora é a sua vez de criar sua própria garota mágica e narrar suas aventuras, com um desafio: o cenário deve ser, obrigatoriamente, o Brasil!

Ahhh e não se esqueça, nenhum personagem conhecido pode ser utilizado, já que não se trata de fanfic, e sim de histórias totalmente originais.

Inscrições:

15/04/2020 a 30/04/2020

Divulgação do resultado:

10/05/2020

Organização:

Thais Rocha

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se a escritores de língua portuguesa, sendo livre para escritores iniciantes ou para autores que já foram publicados anteriormente. Os escritores podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO dos candidatos para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Todo participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuário do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todos os autores através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se o(a) autor(a) abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com o autor;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter título do conto e o nome completo do participante : “O sobrado da Rua Taylor – Rodrigo Barros.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DO AUTOR (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritor poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autores convidados pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – Os autores não são obrigados a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação do autor só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autor receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Todo autor receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Todo participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Dúvidas? 

Faça uma releitura do edital, todas as regras estão presentes no mesmo: o formato do texto, o processo de envio e etc. A sinopse é bastante descritiva para conduzir o processo criativo, basta segui-la. Não passaremos mais informação sobre o concurso, nem por e-mail, nem por whatsapp e nem pelas redes sociais, seria injusto com os demais participantes que não receberam maiores explicações além do edital. Estude o tema, escreva e envie seu texto.

 

Concurso encerrado

 

 

Compartilhe:

Concurso literário – Assassinatos no Brasil Colonial

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autores da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais escritores sejam inseridos no mercado brasileiro como autores. A antologia “Assassinatos no Brasil Colonial” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

Em um passado longínquo, Dom João VI tomava seu desjejum quando teve conhecimento, por meio de um dos seus mensageiros, de que uma estranha morte havia acontecido na realeza. A jovem Leonor, dama voluptuosa que cuidava de suas filhas, perecera em seus aposentos. O médico que a viu no pós-morte não constatou nada de errado em seu corpo, e logo toda a corte se perguntava o que teria acontecido a ela.

A curiosidade em cima da morte de Leonor durou cerca de quatro dias, quando surgiram notícias de uma segunda morte: Afonso, professor de equitação dos príncipes, fora encontrado morto no estábulo, ao lado do cavalo mais valioso de Dom João VI. Ao contrário de Leonor, que não possuía sinal dos motivos que a levara a morte, Afonso estava deitado em cima de uma vigorosa poça de sangue, oriunda de um corte profundo em sua garganta.

Os dias se passaram e, a cada manhã, Dom João VI aguardava a notícia de mais mortes. Os guardas haviam contado catorze assassinatos, todos silenciosos e, muitas vezes, sem qualquer vestígio. Alguns mortos pareciam estar somente dormindo em suas camas, como se fossem acordar a qualquer momento. Outros, se afogavam em seu próprio sangue.

Não havia um padrão nos crimes.

O rei mandou interrogar cada morador e trabalhador do palácio, mas ninguém parecia suspeito. Mulheres choravam, temerosas, e homens olhavam de um lado para o outro, preocupados em serem as próximas vítimas. Dom João VI ordenou que o assassino fosse encontrado a todo custo, oferecendo aos guardas, não somente uma boa quantia em ouro, como também títulos de nobreza a quem desvendasse o mistério.

Quem seria o(a) assassino(a) da realeza?

OBS: Como teremos histórias escritas por diferentes autores, o(a) responsável pelos crimes não poderá ser desvendado nos contos =)

Inscrições:

15/04/2020 a 30/04/2020

Divulgação do resultado:

10/05/2020

Organização:

Bruny Guedes

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se a escritores de língua portuguesa, sendo livre para escritores iniciantes ou para autores que já foram publicados anteriormente. Os escritores podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO dos candidatos para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Todo participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuário do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todos os autores através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se o(a) autor(a) abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com o autor;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter título do conto e o nome completo do participante : “O sobrado da Rua Taylor – Rodrigo Barros.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DO AUTOR (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritor poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autores convidados pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – Os autores não são obrigados a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação do autor só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autor receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Todo autor receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Todo participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Dúvidas? 

Faça uma releitura do edital, todas as regras estão presentes no mesmo: o formato do texto, o processo de envio e etc. A sinopse é bastante descritiva para conduzir o processo criativo, basta segui-la. Não passaremos mais informação sobre o concurso, nem por e-mail, nem por whatsapp e nem pelas redes sociais, seria injusto com os demais participantes que não receberam maiores explicações além do edital. Estude o tema, escreva e envie seu texto.

 

Concurso Encerrado

 

 

Compartilhe:

Resultado do concurso “Pétalas de cerejeira”

Por Concursos literários Sem comentários

A Cartola Editora divulga o resultado do concurso literário Pétalas de cerejeira. Os textos  selecionados farão parte da próxima antologia lançada pela editora.

Abaixo temos a lista das vencedoras:

Autora: Ursula Lawall Britto
Título do texto: A Ilha de Chihiro

Autora: Min Alves
Título do texto: A Sombra Felina

Autora: Apodyopsis
Título do texto: Uma Sacerdotisa

Autora: Fernanda Schuquel Machado
Título do texto: A Semente do Coração Puro

Autora: Fernanda Schuquel Machado
Título do texto: Os Três Legados

Autora: Laura SaintCroix
Título do texto: Cheiro de Sal

Autora: Berenice Domingues
Título do texto: Candeia

Autora: Priscila Morais
Título do texto: A Origem de Kannon

Autora: Yulli Martins Pimentel
Título do texto: Meiko e a Grande Onna Bugeisha

Autora: Marianne Fuziama
Título do texto: O Conto da Princesa Sakuya

Autora: Camilla Carneiro
Título do texto: O Poder de Benzaiten

Autora: Natália Mussato
Título do texto: Koryo

Autora: Natália Mussato
Título do texto: Koneko

Autora: Bia Ramos
Título do texto: A Dançarina Mascarada

Autora: Luciana Araújo
Título do texto: Três Dias de Uma Vida

Autora: Bruxa das Letras
Título do texto: A Melodia das Nuvens

Autora: Michele Kataoka
Título do texto: A Deusa e o Camponês

Autora: Karollen Araújo
Título do texto: Benzaiten e a Flor de Lótus

Autora: Ivy Mallviery
Título do texto: Akairo no Ken

Autora: Ellen Giacomelli
Título do texto: Ensinamentos de Benzaiten

Autora: Ellen Giacomelli
Título do texto: Viagem Sagrada

Autora: Tábatha Gagliera
Título do texto: A Deusa e o Dragão

Autora: S. Guerra
Título do texto: Eu Nem Lembro de Você

Autora: Alessandra Lumertz
Título do texto: O Sonho da Neve

Autora: G. L. Fellowynn
Título do texto: Fluidez, Ocarina e Youkai

Autora: Y. M. Dias
Título do texto: Furusato

Autora: Jacqueline F. Silva
Título do texto: Kitsune de Izanami

Autora: Mini Cared
Título do texto: Solo Fértil

Autora: Alexia Morgan
Título do texto: A Kitsune do Vento

Entraremos posteriormente em contato com todas as autoras individualmente. Fique atenta ao seu e-mail.

Parabéns 🎩🧡

 

Compartilhe:

Resultado do concurso “Alma artificial: histórias de máquinas e homens”

Por Concursos literários Sem comentários

A Cartola Editora divulga o resultado do concurso literário Alma artificial: histórias de máquinas e homens. Os textos  selecionados farão parte da próxima antologia lançada pela editora. A novidade é que recebemos tantos contos bacanas que a antologia sairá em dois volumes.

Abaixo temos a lista vencedores:

Autor(a): Priscila Fortes Morais
Título do texto: 007: O robô que eu amava

Autor(a): Erulos Ferrari Filho
Título do texto: Descendência

Autor(a): Edweine Loureiro da Silva
Título do texto: Rebeldia

Autor(a): Cesar Luis Theis
Título do texto: Cavalo de Troia

Autor(a): Franciele Nicoli Vieira Barradas
Título do texto: Alma

Autor(a): Regiane Martins Folter
Título do texto: Experimento de lágrimas

Autor(a): Leonardo Bastos Araujo
Título do texto: Alex

Autor(a): Leonardo Bastos Araujo
Título do texto: Alter Ego

Autor(a): Lucas Suzigan Nachtigall
Título do texto: Recebido

Autor(a): Walter Niyama
Título do texto: A Insurreição Pela Vida

Autor(a): Léo Ottesen
Título do texto: Robôs

Autor(a): Nathalia de Oliveira Souza
Título do texto: Frias mãos calorosas

Autor(a): Cacyo Mattos Nunes
Título do texto: O Medo e a Coragem

Autor(a): Lu Evans
Título do texto: Almas Gêmeas

Autor(a): Vinícius Salviato Bim
Título do texto: Quando robôs passam a sentir

Autor(a): Diego Mendonça
Título do texto: Zona de quarentena

Autor(a): Humberto Pigozzo Martins Barino
Título do texto: O amor de um robô

Autor(a): Rafael Alvarenga Gomes
Título do texto: O elixir das máquinas

Autor(a): Bruno Serra
Título do texto: O Ficcionista de 2050

Autor(a): Paulo Ismar Mota Florindo
Título do texto: Inflexão

Autor(a): Laura Ribeiro Araujo
Título do texto: Doze Mil Chips

Autor(a): Matheus Uchôa Gomes de Sá
Título do texto: Dominique

Autor(a): Luis Felipe Mayorga
Título do texto: Qual o sentido disso tudo?

Autor(a): Jaime de Andruart
Título do texto: Visitante 39

Autor(a): Ophelia
Título do texto: Vivo

Autor(a): ROBERTO SCHIMA
Título do texto: JADE

Autor(a): Vitor Santos
Título do texto: A Cidadã 114

Autor(a): Aline Cristina Moreira de Oliveira
Título do texto: Edelweiss

Autor(a): Andriely Mikoda
Título do texto: Os seus e os Nossos

Autor(a): Andriely Mikoda
Título do texto: Apenas siga as ordens

Autor(a): Berg Campos Moraes
Título do texto: A ponte do rio Han

Autor(a): Flavia T. Rossi
Título do texto: Semana de Moda

Autor(a): Berenice Domingues
Título do texto: Lamento

Autor(a): Pedro Guerra Demingos
Título do texto: O Novo Mundo

Autor(a): Gisela Lopes Peçanha
Título do texto: Casta prima

Autor(a): Igor Moraes
Título do texto: Kepler: se torne humano

Autor(a): M. Lestrange
Título do texto: A Era da BioMecânica

Autor(a): Laura Ribeiro Araujo
Título do texto: Logout: Digital Tesla

Autor(a): Rafael Ferreira Lima
Título do texto: Crise de Identidade Programada

Autor(a): Alan Sá
Título do texto: O homem que cantava para os androides de carne

Autor(a): Alessandra Schneider Lumerrtz
Título do texto: o manifesto dos ratos

Autor(a): Natália Mussato
Título do texto: Cisne mecânico

Autor(a): Heloisa Leite
Título do texto: Droids no Escuro

Autor(a): Alvaro Vieira Tallarico
Título do texto: Vigas

Autor(a): Telmary de Jesus Nascimento Barros
Título do texto: A Pele Estranha

Autor(a): Jacqueline F. Silva
Título do texto: O meu lar

Autor(a): Carol DerMond
Título do texto: Simulacro

Autor(a): Alisson Matheus Soares de Sousa Carvalho Título do texto: Um risco no céu

Autor(a): Leticia Helena Prochnow
Título do texto: O despertar dos replicantes

Autor(a): Israel Camargo
Título do texto: Memórias Do Eu Artificial

Autor(a): Rubens Travassos Augusto Filho
Título do texto: Grafite

Autor(a): Ricardo Kruchinski
Título do texto: Eu, humana

Autor(a): Miguel Alencar
Título do texto: Fim

Autor(a): G. L. Fellowyn
Título do texto: Digressão

Autora: Larissa Sá Mota
Título do conto: Consciência

Entraremos posteriormente em contato com todos os autores individualmente. Fique atento(a) ao seu e-mail.

Parabéns 🎩🧡

 

Compartilhe:

Concurso literário – Alma artificial: histórias de máquinas e homens

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autores da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais escritores sejam inseridos no mercado brasileiro como autores. A antologia “Alma artificial: histórias de máquinas e homens” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

O futuro chegou. Nele, homens e mulheres usufruem de uma grande quantidade de máquinas a seu serviço. Não há região no oceano que não tenha sido explorada, não ha mais mistérios na Lua ou em Marte, onde, aliás, uma bela colônia está sendo aos poucos construída.

No futuro, também, o trabalho pesado passou a ser das máquinas: androides e robôs imensos ajudam a construir ferrovias, estradas e prédios, cavar túneis e transportar grandes cargas. Se por um lado, evitou trágicos acidentes, por outro, resultou em demissões em massa e uma série de protestos.

O futuro onde as máquinas servem aos homens se reflete não apenas nas tarefas braçais e nos desafios da exploração. Muita coisa mudou nas relações humanas, seja afetivas, sociais ou sexuais. A indústria do sexo viu nos androides e ginoides que simulam tão bem a aparência humana um filão para vender filmes e programas, afinal máquinas não possuem direitos, não são seres humanos. Estão ali para servir. Em todos os sentidos.

Um dia, porém, alguém notou algo nas máquinas. Não uma sequência de códigos e programação desenvolvida em laboratório. Outra pessoa supôs que fosse uma alma, algo que até então ninguém achou possível habitar um ser inorgânico.

As máquinas, aos poucos, foram ganhando simpatizantes e levantando calorosos debates. O mundo já não via apenas trabalhadores e desempregados lutando por seus direitos. As mulheres já não reclamavam somente do sexismo e do machismo, do modo que as ginoides estavam tomando seus lugares como esposas.

Agora, a pauta era até que ponto uma máquina era tão diferente do ser humano. E até que ponto era igual? Quais direitos teriam? E deveres? Deveriam ser respeitadas todas as formas de ser de uma inteligência artificial? Um aparelho celular teria os mesmos direitos e deveres de um androide que tentaria ser contratado por uma agência de publicidade?

Alma artificial: histórias de máquinas e homens, busca trazer contos que mostrem o futuro onde o homem se vê primeiro depois sendo ultrapassado pela máquina em habilidades e depois igualado a ela em direitos. Queremos histórias de ficção científica, que abordem dramas, dilemas, confusões, sonhos e pesadelos nessa realidade onde o orgânico e o inorgânico precisam coexistir. Ou não.

Inscrições:

15/03/2020 a 31/03/2020

Divulgação do resultado:

10/04/2020

Organização:

Alec Silva

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se a escritores de língua portuguesa, sendo livre para escritores iniciantes ou para autores que já foram publicados anteriormente. Os escritores podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO dos candidatos para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Todo participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuário do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todos os autores através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se o(a) autor(a) abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com o autor;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter título do conto e o nome completo do participante : “O sobrado da Rua Taylor – Rodrigo Barros.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DO AUTOR (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritor poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autores convidados pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – Os autores não são obrigados a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação do autor só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autor receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Todo autor receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Todo participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Concurso encerrado

Compartilhe:

Resultado do concurso “Lendas Urbanas: os medos são reais”

Por Concursos literários Sem comentários

A Cartola Editora divulga o resultado do concurso literário Lendas Urbanas: os medos são reais. Os textos  selecionados farão parte da nova antologia de contos lançada pela editora.

Abaixo temos a lista de vencedores por ordem de autor:

Álefe Rabelo – Oiteiro
Angela Molognoni – Sheila Quer Brincar
Basílio Kaliel Baran – O Homem Torto
Claudia Portela – O Cavaleiro Da Madrugada
Cleber José Octaviano – O Carona
Cleber José Octaviano – O Contrato
Conde Paladino – O Lar Do Pombão
D. Bueno – Condomínio Parque Verde
Daiana Ferreira – 3:00 Am – A Hora Morta
Edih Longo – Caos: “Revertere Ad Locum Tuum”
Felipe L. Cavalcante – O Jogo Do Elevador
Felipe Pires – O Bailão Do Opalão
G. Oliveira – O Homem Da Capa Preta
Giordano Bruno Gayoso Da Costa Santos – Lobisomem Da Pedreira
Gisele Wommer – Ela Nunca Está Só
Israel Camargo – Boca De Ouro
Jairo Carvalho De Souza – Loira Do Banheiro
Katarina Jukoski – Melodia Macabra
Kelly Cristina Araujo – Festa Do Pijama
M. S. Pedroso – Post Mortem
Marcus Torres – A Dama Do Espelho
Marlon P. Silva – O Homem Do Saco
Miguel Alencar Rosa Teixeira Mendes – Volta Às Aulas
Natália Mussato – Asas
Nilsa M. Souza – Ela Sabia A Verdade
Rafael Alvarenga Gomes – A Curva Da Loira
Rodrigo Ortiz Vinholo – Mãos
Rubens Travassos – Luz Azul
Sandro Carlos Rocha Da Silva – Treze Almas – Edifício Joelma
Victor F. Martins – O Bonequinho Bochecha

Entraremos posteriormente em contato com todos os autores individualmente por e-mail, fique atento à sua caixa de SPAM.

Parabéns 🎩🧡

Compartilhe:

Concurso literário – Pétalas de cerejeira

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autoras da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais mulheres sejam inseridas no mercado brasileiro como autoras. A antologia “Pétalas de cerejeira” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

Esse é o início de uma coleção. Mas não uma coleção comum, e sim muito especial: uma coleção sobre deusas feita somente por mulheres fortes como as que serão retratadas.

Cada volume abrangerá uma mitologia, e o primeiro contará histórias sobre as divindades femininas da mitologia japonesa.

Como quase todas as mitologias, os contos da mitologia japonesa incluem um grande número de deuses, deusas e espíritos, e a maioria das histórias diz respeito à criação do mundo, à fundação das ilhas do Japão e às atividades de divindades, seres humanos, animais, espíritos e criaturas mágicas.

São histórias pouco conhecidas, porém belíssimas, cheias de significados e elucidações para um povo milenar, que até hoje nutre por tais aventuras e desventuras um fascínio honroso e duradouro.

Portanto, contem-nos histórias dessas mulheres poderosas e fortes nos vastos campos de árvores de cerejeira. Contem ao mundo sobre suas lutas, seus poderes, seus amores, sua fé e sua coragem. Heroínas, sonhadoras, corajosas e valentes, queremos conhecer novas facetas de histórias imortais.

Nesse mês das mulheres, vamos juntas contar as histórias dessas deusas.

Inscrições:

08/03/2020 a 31/03/2020

Divulgação do resultado:

10/04/2020

Organização:

Bruny Guedes

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se EXCLUSIVAMENTE a escritoras de língua portuguesa, sendo livre para escritoras iniciantes ou para autoras que já foram publicados anteriormente. As escritoras podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO das candidatas para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Toda participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuária do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todas as autoras através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se a autora abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com a autora;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter o título do conto e o nome da participante : “Memória solicitada – Ana Farias Ferrari.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DA AUTORA (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritora poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autoras convidadas pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – As autoras não são obrigadas a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação da autora só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autora receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Toda autora receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Toda participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Concurso encerrado

Compartilhe:

Concurso literário – Lendas Urbanas: os medos são reais

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autores da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais escritores sejam inseridos no mercado brasileiro como autores. A antologia “Lendas Urbanas: os medos são reais” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

Lendas Urbanas são um mistério. Será que de fato aconteceram ou são criações do imaginário popular? Não se sabe exatamente onde surgem essas histórias, mas são narradas como tendo acontecido a um “amigo de um amigo” e caem no conhecimento público. Fica difícil determinar até que ponto elas são reais ou não. Entretanto, existem até os que juram que elas aconteceram mesmo.

Elas são pequenas histórias de caráter fabuloso ou sensacionalista, amplamente divulgadas de forma oral, por e-mails ou pela imprensa e que constituem uma espécie de folclore moderno.

Quem nunca ouviu falar na Loura do Banheiro, no Homem do Saco ou no cara que acorda em uma banheira cheia de cubos de gelo e sem um rim? Quantas mães e pais orientaram seus filhos a não falarem com estranhos na rua, pois havia uma quadrilha que sequestrava crianças e vendia os órgãos?

Uma coisa é certa, real ou não, as Lendas Urbanas refletem preocupações reais do mundo moderno. O Brasil é cheio dessas lendas, vamos trazê-las à tona e desvelar os terrores mais profundos.

A antologia “Lendas Urbanas: os medos são reais” vai explorar as lendas mais assustadoras e reunirá novas versões dessas histórias tradicionais, versões que resgatam essas origens assustadoras.

Agora é sua vez de nos contar a sua versão da história…

Inscrições:

15/02/2020 a 28/02/2020

Divulgação do resultado:

10/03/2020

Organização:

Meg Mendes

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se a escritores de língua portuguesa, sendo livre para escritores iniciantes ou para autores que já foram publicados anteriormente. Os escritores podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO dos candidatos para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Todo participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuário do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todos os autores através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se o(a) autor(a) abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com o autor;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter título do conto e o nome completo do participante : “O sobrado da Rua Taylor – Rodrigo Barros.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DO AUTOR (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritor poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autores convidados pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – Os autores não são obrigados a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação do autor só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autor receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Todo autor receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Todo participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Concurso encerrado

 

Compartilhe:

Resultado do concurso “Nos porões da Ditadura”

Por Concursos literários Sem comentários

A Cartola Editora divulga o resultado do concurso literário Nos porões da Ditadura. Os textos  selecionados farão parte da nova antologia de contos lançada pela editora.

Abaixo temos a lista de vencedores por ordem de autor:

Alessandra Schneider Lumertz – A cicatriz do luto
Andriely Kelly Miyuri Tavares da Silva Mikoda – Rosemari
Andriely Kelly Miyuri Tavares da Silva Mikoda – Confidencial
Athos Ronaldo Miralha da Cunha – Um estranho balanço
Bárbara Oliveira Rosa – Daqui, em 1976, acenei para você
Berg Campos Moraes – Companheiros de viagem
Bruce Bezerra Torres – Penúltima Estação
Cacyo Mattos Nunes – Fazer o quê
Carlos Machado – Dona Verônica
Daniela Gonçalves Balam – Estupro corretivo
Eduardo Selga da Silva – Em Torno de Lídima Dana
Edweine Loureiro da Silva – Tortura
Gabriel Loffi – O homem que amava os livros
Helison Geraldo Ferreira Cavalcante – Tortura na Guanabara
João Renato Marino – El ratón
Jonatas de Souza Jacinto – O caixão sem corpo
José Eugênio Borges de Almeida – Madureira amordaçada
Josiclei de Souza Santos – Confissão
Laura de Araújo da Silva – Livros de Padaria
Leonardo Bastos Araujo – A silhueta que some na Porta
Luís Fernando Amâncio -Tio Carlos
Marcio Alexandre Evangelista – Epitáfio
Mayara Vidal Silva – O jornalista
Natália Krentz dos Santos – O Outro Lado do Exército
Natália Mussato – 1975
Nícollas Lopes Pinheiro – Colo
Pedro Guerra Domingos – Foi pra Praia
Rodolfo Moreira Melo – O último dia do mês
Rodrigo Andrigheto – Opala SS
Rodrigo Ortiz Vinholo – Elemento Subversivo
Rodrigo Soares Duhau – A tatuagem
Sérgio Luiz Santos de Oliveira – 411-B (1968)
Silas Henrique Machado da Gama – A ilusão da última vez
Thales Barufi Ferreira Machado – História que nunca quis contar
Thiago Assoni Desidério – No escuro do porão
Thiago de Castro Souza – Incêndio
Thiago Henrique Fernandes Coelho – A menina
Tiago Veiga – O Infiltrado
Ursula Lawall Britto – Faço do Silêncio a Minha Luta

Entraremos posteriormente em contato com todos os autores individualmente por e-mail, fique atento à sua caixa de SPAM.

Parabéns 🎩🧡

Compartilhe:

Concurso literário – Nos porões da Ditadura

Por Concursos literários Sem comentários

Cartola Editora lançará mais uma antologia de contos através de um concurso literário exclusivo para autores da língua portuguesa. O objetivo é incentivar que mais escritores sejam inseridos no mercado brasileiro como autores. A antologia “Nos porões da Ditadura” será composta por uma média de 30 (trinta) contos.

Sinopse:

A ditadura militar brasileira teve início em 1º de abril de 1964. E terminou em 15 de março de 1985. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o golpe militar que derrubou o governo de João Goulart, o então presidente democraticamente eleito. O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República (ou Sexta República).

Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o regime pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o Ato Institucional Número Cinco (AI-5) de 1968, que vigorou por dez anos. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e, ao mesmo tempo, o Congresso Nacional foi dissolvido, liberdades civis foram suprimidas e foi criado um código de processo penal militar que permitia que o Exército brasileiro e a Polícia Militar pudessem prender e encarcerar pessoas consideradas suspeitas, além de impossibilitar qualquer revisão judicial.

Adotando uma diretriz nacionalista, desenvolvimentista e de oposição ao comunismo, a ditadura atingiu o auge de sua popularidade na década de 1970, com o “milagre econômico”, no mesmo momento em que o regime censurava todos os meios de comunicação do país, torturava e exilava dissidentes. Na década de 1980, assim como outros regimes militares latino-americanos, a ditadura brasileira entrou em decadência quando o governo não conseguiu mais estimular a economia, controlar a hiperinflação crônica e os níveis crescentes de concentração de renda e pobreza provenientes de seu projeto econômico, o que deu impulso ao movimento pró-democracia. O governo aprovou uma Lei de Anistia para os crimes políticos cometidos pelo e contra o regime, as restrições às liberdades civis foram relaxadas e, então, eleições presidenciais indiretas foram realizadas em 1984, com candidatos civis e militares.

Agora, a antologia “Nos porões da ditadura” vai adentrar uma das épocas mais assustadoras e brutas de nossa história, para trazer histórias sobre pessoas que lutaram bravamente nesses 21 anos de obscuridade política. Pais de família, mães solteiras ou viúvas, órfãos, movimentos estudantis, policiais descobrindo que talvez estejam do lado errado da história, jornalistas perseguidos, políticos jurados de morte, famílias tentando sobreviver… há muito o que se contar e a Cartola Editora quer conhecer essas histórias.

Inspire-se em eventos reais, artigos acadêmicos, traga personagens em situações que testam sua humanidade e compaixão ao próximo. Mas atenção: nada de fantasias ou revisionismos, afinal foram esses elementos que deram margens para que centenas de vidas fossem lançadas “Nos porões da ditadura”.

Inscrições:

15/01/2020 a 31/01/2020

Divulgação do resultado:

10/02/2020

Organização:

Alec Silva

Regulamento

1 – Participantes

1.1 – O concurso destina-se a escritores de língua portuguesa, sendo livre para escritores iniciantes ou para autores que já foram publicados anteriormente. Os escritores podem ser residentes de qualquer país, desde que maiores de 18 anos;

1.2 – A inscrição é GRATUITA e NENHUM VALOR SERÁ COBRADO dos candidatos para participação no concurso, ou posteriormente, na publicação da antologia;

1.3 – Todo participante deve ser OBRIGATORIAMENTE usuário do Whatsapp, pois a organização da obra será feita em conjunto com todos os autores através de um grupo específico. Não será possível participar da obra caso não utilize a ferramenta. Se o(a) autor(a) abandonar o grupo antes do término do processo este será sumariamente EXCLUÍDO da futura antologia.

2 – Orientações

2.1 – Os contos não precisam ser inéditos, podendo estar online em qualquer plataforma, ou já terem sido publicados anteriormente em outras coletâneas, sempre respeitando os direitos autorais adquiridos por outras editoras previamente, ou seja, o direito autoral do texto para a participação no concurso, precisa estar 100% com o autor;

2.2 – Os textos deverão ser encaminhados através do formulário presente ao final desde regulamento durante o período de inscrição, respeitando o seguinte formato:

  • Arquivo Word (NÃO ACEITAREMOS PDF) no tamanho A4; espaçamento 1,5 entre linhas; fonte Bookman Old Style (11); margens: superior e esquerda com 3cm; margens: inferior e direita com 2cm. O arquivo precisa conter título do conto e o nome completo do participante : “O sobrado da Rua Taylor – Rodrigo Barros.docx”;
  • O conto precisa ter o TÍTULO e o  NOME DO AUTOR (nome que quer que apareça no livro) no início do mesmo.
  • O conto precisa ter um mínimo de 02 (duas) páginas e um máximo de 05 (cinco) páginas, no formato descrito anteriormente;
  • Caso envie o conto em qualquer outro formato ou especificação este será AUTOMATICAMENTE DESCLASSIFICADO;

2.3 – Cada escritor poderá participar do concurso com até 02 (dois) contos diferentes;

2.4 – O conteúdo precisa ser 100% original;

2.5 – Não serão aceitos contos que contenham conteúdo pejorativo, discriminatório ou que incitem ódio e preconceito;

2.6 – Não serão aceitos contos em co-autoria.

3 – Publicação

3.1 – A antologia terá uma média de 30 (trinta) contos participantes. Dentre os quais, aqueles escritos pelos autores selecionados através deste concurso, podendo haver a participação de autores convidados pela Cartola Editora;

3.2 – Caberá somente à Editora definir a arte de capa e o estilo de diagramação dos contos no miolo da antologia;

3.3 – Será realizado um financiamento coletivo (crowdfunding) para que a obra seja publicada em formato impresso e digital;

3.4 – Caso o financiamento coletivo (crowdfunding) atinja a meta necessária para publicação (esse valor será determinado pela Cartola Editora após a divulgação dos vencedores), o livro estará presente não só em nosso catálogo, como também estará à venda em todas as lojas online que já comercializam as obras publicadas pela editora;

3.5 – Os autores não são obrigados a participar do financiamento coletivo (crowdfunding), mas é de suma importância sua divulgação para atingirmos a meta estabelecida e financiarmos o livro;

3.6 – Será realizado um único registro ISBN com todos os contos do livro;

3.7 – A participação do autor só será confirmada após o recebimento dos contratos assinados.

4 – Direitos autorais

4.1- Caso o financiamento coletivo atinja a meta necessária para publicação, cada autor receberá direitos autorais sobre as vendas do livro (físico ou digital), conforme constará em contrato;

4.2 – Todo autor receberá um exemplar do livro em formato digital (PDF);

4.3 – Todo participante da Antologia poderá adquirir exemplares com 50% de desconto (mínimo de 10 exemplares), custeando também o frete, e posteriormente comercializando a obra conforme sua conveniência.

Concurso encerrado

 

 

Compartilhe: