Skip to main content
Financiamentos

O roubo da Mona Lisa

Por 18 de julho de 2022No Comments

Simultaneamente, todos os jornais parisienses noticiaram que um crime estava próximo de acontecer. No dia 10 de agosto de 1912, aniversário do Museu do Louvre, um dos artefatos mais relevantes em exposição seria roubado, a obra mais famosa de Leonardo da Vinci. O episódio, chamado por toda a imprensa de “O roubo da Mona Lisa”, deixou Paris em polvorosa.

Cartas endereçadas às redações, detalhavam que, mesmo com a grande presença do público e todo o aparato policial em virtude das festividades do 119° aniversário do Museu, a Mona Lisa seria furtada durante o evento. As cartas eram assinadas por ninguém mais e ninguém menos que o maior ladrão de toda a Paris: Arsène Lupin.

Ainda que o roubo fosse improvável, as autoridades francesas pediram ajuda à Scotland Yard, que duas semanas antes do evento enviou para Paris o mais famoso detetive londrino, Sherlock Holmes, acompanhado de seu fiel companheiro, John H. Watson.

Sherlock seria capaz de decifrar todas as artimanhas de Lupin e impedir o maior roubo da história? O inteligentíssimo ladrão seria capaz de ludibriar até mesmo o Sr. Holmes?

Essa antologia é inspirada nos personagens Arsène Lupin e Sherlock Holmes, originalmente criados por Maurice Leblanc e Sr. Arthur Conan Doyle.

 

Apoie esse projeto!

Compartilhe: